O que você não sabia sobre o matcha

376

Conheça um pouco mais sobre a tradição e método de produção do chá verde milenar que conquistou o Ocidente.

O matcha é produzido com as folhas broto da Camellia Sinensis e, para um matcha de qualidade, é necessário que essa planta tenha pelo menos 10 anos de idade e, que os brotos colhidos para o preparo. 

Essa colheita deve ser feita apenas na primeira semana da primavera. 

60 dias antes da colheita, a planta é gradativamente coberta, diminuindo a luminosidade que a camellia recebe, para trazer mais frescor e aumentar a produção de L-teanina. 

Trazendo ao matcha uma cor vibrante e o seu sabor característico umami, leve e suave. 

Após a colheita, os brotos são vaporizados e secos e, em seguida, passam por um processo extenso de moagem em duas placas de granito, até se tornarem um pó fino. 

O trabalho é manual e muito demorado, a moagem de 30g gramas de matcha, uma latinha de matcha premium, pode levar até 1 hora

No Japão, essa bebida foi introduzida por monges budistas que visitaram aquele país e perceberam que as folhas de chá verde moídas, auxiliavam suas meditações e transcrições, trazendo foco e concentração por um período prolongado. 

Pela tradição japonesa, até mesmo os samurais, antes de grandes guerras, se reuniam para tomá-lo, pois acreditavam que o matcha traria força física e espiritual no campo de batalha.  

Esses benefícios foram comprovados: seu alto nível de cafeína nos auxilia a manter a concentração necessária em nossas tarefas diárias, sem sobrecarregar o metabolismo ou causar a ansiedade.


Além disso, possui propriedades antioxidantes, combate células cancerígenas e aumenta a produção de glóbulos brancos, uma de nossas defesas naturais.

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo


Quer saber mais sobre nossos produtos?

Entre em contato por whatsapp com nosso especialista e tire todas as suas dúvidas!

Deixe uma resposta

Close
Talchá © Copyright 2020. Todos os direitos reservados
Close
%d blogueiros gostam disto: